08/02/2011

Não, Zeca, não era isto.





Não, Zeca, não era isto. Não era isto que tu querias. Não é isto que eu quero. E está visto que não é isto que nós, a geração parva-brava-precária, queremos.