12/12/2010

Kingdom of Heaven - Director's Cut



Como 45 minutos adicionais mudam um filme. O primeiro era bom, mas desajeitado e incoerente. Prioridades de executivos idiotas. Este é o verdadeiro. E o Orlando Bloom cresce a olhos vistos. Um grande papel, uma boa história, personagens memoráveis - Salah ad-Din, Imad ad-Din e Tiberius, entre outros - e uma reflexão profunda em torno da diversidade religiosa.

Altamente recomendado.